fbpx

Porque começar com História do Brasil

Alguns currículos iniciam o estudo da História pela História antiga, afinal, é o início da história de toda a humanidade. Nós preferimos seguir a sugestão de Charlotte Mason e começar com a História do Brasil.

Esperamos que a criança crie relações com o conhecimento e iniciar com a História do Brasil é poder utilizar a história da própria criança e de sua cultura, e levá-la expandir seu conhecimento sobre si mesma.

É claro que a História das Civilizações iniciais também é nossa história enquanto humanidade mas, é nas ruas com nome de militares brasileiros que caminhamos, nas cidades com nomes indígenas que moramos, nosso idioma é o português e 7 de setembro e 15 de novembro são grandes feriados nos quais viajamos com a crianças. Note como estamos dentro de nossa própria história enquanto nação e isso torna o ensino da história de seu próprio país algo mais tangível e mais facilmente relacionável para as crianças.

Também pelo estudo dos grandes homens formadores da pátria que desenvolvemos o patriotismo e a noção de dever social. Aprendendo com as ideias e os pensamentos de homens e mulheres que fizeram a diferença na história de seu país percebemos a importância de cada indivíduo dentro da sociedade e construímos um patriotismo não emocional, não baseado em sentimentos mas, racional, firmado sobre a compreensão de nossos papéis, deveres e responsabilidades para com a nação e a sociedade em que vivemos.

E se vamos partir do início de nossa própria nação, porque não começar com a época mais lendária e cheia de corajosos desbravadores que é a época do descobrimento?

Mas toda nação tem sua idade heroica antes do início da história autêntica: ‘naqueles dias, havia gigantes sobre a terra’, e a criança deseja saber sobre eles. Ela tem todo o direito de se deleitar em tais mitos clássicos que possuímos como nação”.

Charlotte Mason, Educação no Lar

.

.

 Óleo sobre tela, Ernesto Frederico Scheffel

Quer saber mais sobre cronologia para estudo da Historia? Acesse maedecatarina.wordpress.com , lá há um modelo de cronograma e indicações de livros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *